Grande São Luís | MA Quem somos | Fale conosco
 
 
ENVIAR POR E-MAIL
Família de traficantes é presa na Vila Kiola

O Serviço de Inteligência da Polícia Militar prendeu no começo da manhã desta sexta-feira, 6, em uma casa na Rua Princesa Anastásia, na Vila Kiola, município de São José de Ribamar, sete pessoas, sendo quatro homens e três mulheres, acusados de controlar o tráfico de drogas em pelo menos seis bairros de São Luís.

De acordo com informações da Polícia, os acusados fazem parte da organização que tem pelo menos 20 anos no bairro do São Bernardo, e ficou conhecida como a “Família dos Catitas”. Foram presos Levi Vieira da Silva Júnior, de 25 anos, conhecido como “Júnior Catita”, quye seria o líder da quadrilha; Leandro Dutra Sousa, 24 o “Léo”; Joneilson Barbosa Pereira, 25, “Neném Catita”, um adolescente de apenas 16 anos. Mônica Alves Pereira, de 19 anos, Graciela de Rosário Vale da Costa, 23 e Marcilene Azevedo Santos, 28, também presas, elas são esposas dos acusados.

Segundo a policia a residência estava sendo monitorada a pelo menos 15 dias. A prisão foi possível depois de um desentendimento pela disputa entre Júnior Catita e Marcos Catita por pontos de vendas. Na ocasião Júnior efetuou vários disparos em frente à casa de Marcos na Vila Brasil.

Foram aprendidos uma cartucheira calibre 36, um revólver calibre 38, sete celulares, uma motocicleta branca, 50 gramas de cocaína e R$ 22.

Os três homens serão autuados pelos crimes de tráfico de drogas, posse ilegal de arma de fogo e formação de quadrilha, o menor será conduzido ao Centro de Juventude Esperança. As mulheres será realizado uma investigação para saber da participação delas com a quadrilha.

Júnior Catita já assassinou uma pessoa quando ainda era menor e disse também existirem suspeitas da participação do acusado em pelo menos quatro outras execuções.

 
GAZETA DA ILHA
 
 
Páginas: Resultados: 1 to 0 de 0
Páginas:

1  2  3  >>  >>|  Resultados: 1 a 20 de 14561 Páginas