Grande São Luís | MA Quem somos | Fale conosco
 
 
ENVIAR POR E-MAIL
Belletti prefere brincar com filhos a ver Seleção

O lateral-direito Belletti, vice-campeão da Copa dos Campeões pelo Chelsea e pentacampeão mundial com a Seleção Brasileira, aproveita as férias em Cascavel, oeste do Paraná, para curtir a família e dar os ajustes finais da criação do seu instituto de cunho social que leva seu nome.

Longe dos gramados, o jogador que já defendeu a Seleção Brasileira em mais de 50 partidas, diz que está distante da campanha nas Eliminatórias Sul-Americanas para Copa de 2010, na África do Sul.
Belletti prefere dedicar seu tempo aos dois filhos e à esposa grávida de seis meses e não pretende acompanhar o duelo entre Brasil e Argentina, nesta quarta-feira.

"Quero que o Brasil ganhe, como todo brasileiro quer. Mas nem vou ver o jogo, porque esse é o horário de brincar com meus filhos, dar o jantar e colocá-los para dormir", disse.

Fora da lista de convocados desde que Dunga assumiu a Seleção, Belletti diz que perdeu o interesse, mas que não guarda mágoas.

"Sei que o Dunga tem a maneira dele de pensar, de levar jogadores mais jovens e tudo isso, mas não me atrai mais. Amei servir a Seleção, servi mais de 50 vezes e se um dia tiver de voltar eu volto", declarou.

E mesmo não acompanhando os jogos pelas Eliminatórias, o lateral acredita que uma derrota frente ao maior rival pode colocar a permanência de Dunga na Seleção em risco.

"Se perder para a Argentina complica. Eles já perderam no domingo (para o Paraguai por 2 a 0) e duas derrotas seguidas nas Eliminatórias não é nada fácil. Não sei se vão pensar em trocar o treinador, mas não seria bom porque a cada derrota o mundo perde um pouco de respeito pelo futebol do Brasil", completou.

Instituto

Com mais algumas semanas de férias no Brasil, Belletti quer aproveitar o tempo para finalizar o projeto de implantação do Instituto Juliano Belletti, que atenderá crianças de Cascavel.

Inicialmente, o jogador vai oferecer treinamento de futebol e algumas outras modalidades esportivas. Mas a intenção é seguir os moldes da Fundação Gol de Letra e do Instituto Ayrton Senna.

"É uma idéia antiga nossa de ter o instituto voltado ao esporte e ao futebol principalmente. Mas futuramente queremos oferecer outras oportunidades como aulas de teatro e informática. Não adianta olhas as crianças nas ruas e ter pena. É preciso agir para mudar isso", afirmou o jogador.

 
Terra
 
 
Páginas: Resultados: 1 to 0 de 0
Páginas:

1  2  3  >>  >>|  Resultados: 1 a 20 de 14559 Páginas