São Luís | Maranhão
 
   


João Bentivi
 



O danado Pedro
O TRE no olho do furacão
A Primeira Ninguém Esquece
Resposta ao Governo do Maranhão
O poço não tem fundo
Metropolizar sem conversa fiada
Dois Josés
Resposta ao Doutor Pêta
O mundo é do bispo
Abrindo Caixas Podres
A volta midiática do aborto
Nota solta 1
Deu a louca nas elites, graças a Deus
Vendilhões da Justiça
Dino sem máscara
Como é bom ter o Lula
A felicidade se chama Obama
Em nome de Obama
É hora de caldo de galinha
Debates e orgasmos


Páginas: 1  2  3  >>  >>|

  Resultados: 1 a 20 de 46 Páginas

17/02/2009
Nota solta 1

Além da distância abissal que separa o Japão do Brasil, há muitas outras diferenças, mas as últimas notícias mostram um exemplo para lá de significativo: a demissão de um ministro japonês, pelo prosaico motivo de estar bêbado.

Era o ministro das finanças do Japão, senhor Shoici Nakagawa, que em uma reunião do G7, mostrou que ninguém é de ferro e entornou mais que o necessário. Quando foi para a entrevista coletiva, os jornalista entenderam que o ministro tinha “o olhar vago, hesitante nas palavras, incapaz de terminar frases e deu umas boas cochiladas”.

Como não era ministro das bandas do sul, a demissão foi o seu mais legítimo destino.

Por aqui é tudo diferente. Tem gente que bebe todas, fala tudo o que não deve, a sua volta vicejam plêiades de corruptos, quando dá na telha manda o povão “sifu” e o resultado é a mais estupenda aprovação popular.

A pergunta não pode calar: onde está a seriedade, n o Brasil ou no Japão?

 
teo logos - Nakagawa, bebeu, bebeu, bebeu Bentivi, não Kago, não Kago, não Kago

edilson santos - Bentivi, tu tira onda de protestante em ambiente público, mas eu duvido, dou minha mão a rachar de bolo, se tu não é o maior manguaceiro. Mas pra uma coisa é bom, tu sem beber em público já tem aquela risada sutil de uma gueixa, imagina cheio do mel. De certa feita eu estava em uma comemoração e tu chegou por lá, cantarolou, todo mundo bebia e tu só no refrigerante, e eu comigo mesmo vivia aquela tua hipocrisia de seguidor dos mandamentos. Em outra ocasião todos estavam em um evento oficial, sóbrios e concentrados, quando vem aquela risada estrondosa incompatível com a ocasião, era só de quem queria chamar a atenção.

JORGE DA BELIRA - JORGE DA BELIRA disse: Meu caro Dr. BENTIVI, seu comentário, como sempre, é sensato, lógico e pertinente. Mas a pergunta final que dá o fecho à matéria revela um certo toque de ingenuidade. No meu modesto entendimento, comparar a SERIEDADE do Japão com a "seriedade" do Brasil chega a ser uma covardia! Cordiais saudações. (JORGE DA BELIRA).

José Márcio - Caro Edilson, O bentivi é uma ave que anuncia a sua chegada pelo próprio nome em insistente reclamo para que a notem. Mas quanto ao nosso Bentivi, da ave só tem a alegria de encher o ambiente de magnetismo por sua figura que só desperta o bem-querer das pessoas que o cercam. Bentivi é isso: um cara cheio de bom humor, caloroso com os amigos e que não alimenta sentimentos menores. Por isso ele irradia tante energia positiva que acaba não passando despercebido. Por isso que você o notou! Parabéns Bentivi! Você é um homem do bem! Um grande abraço do amigo José Márcio M Alves. PS: Estou em Barreirinhas. Faça contato.

Alunos de Medicina do UniCeuma - valeu bentivi, vc é o melhor!

 
Páginas:
Resultados: 1 to 5 de 5