São Luís | Maranhão
 
   


Matias Marinho
 



Já estamos no novo site
"Esquerda é coisa de gente rancorosa e invejosa", diz Lobão
Governadora lamenta a morte de Flor de Lys
Como a Prefeitura de São Luís vê sua casa
Guerrilha do Araguaia: Porto Franco homenageia João Carlos Haas Sobrinho
Uma greve que começou errada; conduzida de forma equivocada e de desfechos quase obscuros
TRT endurece a briga com os rodoviários grevistas
Greve: TRT diz não ter expedido mandado de prisão contra presidente do Sindicato
Mais uma vez, papelão de Waldir Maranhão no CQC. Pense num mala!
Bispo de Grajaú repudia decisão de juiz sobre aborto de anencéfalo
Um protesto contra a fedentina. Alô Caema, alivia a pressão aí sobre Castelo!
Caso Venancinho pode ser julgado nesta semana no TSE
Gilberto quer praça da Juventude em bairros de Paço
Pastor Bel revela que Edinho estaria em coma profundo
Abortada tentativa de rebelião em Pedrinhas
Luís Fernando faz abertura de Seminário em Rosário
Bacelar: o tresloucado, mas, nem tanto, defensor do governo na AL
Mais uma da Justiça: Desembargadores decidem arquivar processo contra juiz Douglas Amorim
Greve e nóticia sobre Edinho acabaram com a viagem de Roseana à Brasília
Desembargador revoga soltura do vereador de Tuntum


Páginas: 1  2  3  >>  >>|

  Resultados: 1 a 20 de 662 Páginas

19/05/2011
Abortada tentativa de rebelião em Pedrinhas

A Secretaria de Justiça e Administração Penitenciária (Sejap) informa que agentes penitenciários conseguiram abortar, na tarde desta quinta-feira (19), uma tentativa de rebelião no Bloco J da Casa de Detenção (Cadet), no Complexo Penitenciário de Pedrinhas.

Esclarece ainda que, por volta das 15h30 desta sexta-feira, os agentes desconfiaram da movimentação entre os 63 detentos do Bloco J e perceberam que havia um plano de motim em andamento.

Ao notarem que o plano de rebelião havia sido descoberto, os presos iniciaram um quebra-quebra, tendo inclusive serrado algumas grades de celas.

De acordo com a Sejap, nas celas foram encontradas armas brancas (facas, estilete, chuços), álcool etílico e drogas.

Com reforço da segurança, os 63 detentos do bloco J foram levados para a quadra esportiva do Cadet, onde foram revistados. Eles aguardaram a soldagem das grades para retornarem às celas. A situação é tranquila no momento.

COM INFORMAÇÕES DA ASCOM

 
 
Páginas:
Resultados: 1 to 0 de 0