São Luís | Maranhão
 
   


Glaucio Ericeira
 



TJ recebe denúncia contra prefeito “Mão de Ouro”
Câmara dará a palavra final sobre o “impasse dos suplentes”
Péssima notícia para Chiquinho Escórcio: Câmara continuará empossando suplentes das coligações
Pedófilos são mantidos reféns em Pinheiro
Deputados do PR divulgam nota de apoio ao governo Roseana
Eleitor que faltou aos três últimos pleitos pode ter título cancelado
Com mais de R$ 8 mi, Zé Vieira é o 24 º parlamentar mais rico de Brasília
TJ/Ma condena Natura e Bom Preço a indenizarem consumidores
Máfia em família: PF no encalço do prefeito Nenzim, de Barra do Corda
TCE desaprova contas de Dr. Miltinho, ex-prefeito de Barreirinhas
“A derrota não seria minha, seria do Ricardo”, afirmou José Mário
O assunto da vez, agora, é a eleição da FAMEM
EMA confirma o que o blog disse: Mesa Diretora apóia governo Roseana
Algumas reflexões sobre a eleição da Assembleia
“Serei o presidente de todos os deputados”, afirma Arnaldo Melo
Arnaldo Melo é o novo presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão
Deputados estaduais tomam posse. Eleição para Mesa Diretora acontece às 11h30
Os erros de Ricardo Murad
Casa Civil comandará processo de metropolização da Grande Ilha
Eleição na AL: Manoel Ribeiro quer disputar presidência com Murad


Páginas: 1  2  3  >>  >>|

  Resultados: 1 a 20 de 150 Páginas

08/02/2011
Péssima notícia para Chiquinho Escórcio: Câmara continuará empossando suplentes das coligações

 

                                   

                              Chiquinho Escórcio ainda tem esperanças de assumir o mandato

Esta notícia derrama um balde de água no chopp do suplente de deputado federal, Chiquinho Escócio (PMDB). E dá mais tranqüilidade ao deputado federal recém-empossado, Davi Alves Silva Júnior (PR).


Após quatro decisões do Supremo Tribunal Federal (STF) determinando a posse dos suplentes mais votados dos partidos, e não das coligações, a Câmara dos Deputados decidiu reagir. Um dia depois de confirmar que vai manter nos cargos os primeiros colocados dentro das alianças partidárias, o presidente da Casa, Marco Maia (PT-RS), vai dizer hoje ao presidente do Supremo, Cezar Peluso, que a Câmara continuará empossando os suplentes mais votados de acordo com as coligações, conforme a ordem enviada anteriormente pela Justiça eleitoral.

Representando o Legislativo, Marco Maia e o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), farão uma visita protocolar ao presidente do STF nesta terça-feira.


Embora o teor da pauta não tenha sido divulgado, dois assuntos darão o tom da conversa com Peluso. O primeiro, de interesse dos deputados, é a questão dos suplentes.


O segundo, considerado prioritário pelo Supremo, é a análise pelo Senado da indicação do ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Luiz Fux à mais alta corte do país.


Pelas declarações dadas ontem, pode-se esperar do petista o início de uma conversa que pode levar a uma solução política sobre o caso.


Marco Maia afirmou que a Câmara discorda do entendimento adotado até agora pelos ministros do Supremo e que vai continuar empossando os suplentes das coligações. “Vamos utilizar o critério universal dando amplo direito de defesa ao deputado que está tendo seu mandato cassado pelo STF”, disse Maia em entrevista coletiva ao sair de seminário do PT em Brasília.



Com informações do www.congressoemfoco.com.br

 

glaucioportela@yahoo.com.br

 
 
Páginas:
Resultados: 1 to 0 de 0