São Luís | Maranhão
 
   


Glaucio Ericeira
 



TJ recebe denúncia contra prefeito “Mão de Ouro”
Câmara dará a palavra final sobre o “impasse dos suplentes”
Péssima notícia para Chiquinho Escórcio: Câmara continuará empossando suplentes das coligações
Pedófilos são mantidos reféns em Pinheiro
Deputados do PR divulgam nota de apoio ao governo Roseana
Eleitor que faltou aos três últimos pleitos pode ter título cancelado
Com mais de R$ 8 mi, Zé Vieira é o 24 º parlamentar mais rico de Brasília
TJ/Ma condena Natura e Bom Preço a indenizarem consumidores
Máfia em família: PF no encalço do prefeito Nenzim, de Barra do Corda
TCE desaprova contas de Dr. Miltinho, ex-prefeito de Barreirinhas
“A derrota não seria minha, seria do Ricardo”, afirmou José Mário
O assunto da vez, agora, é a eleição da FAMEM
EMA confirma o que o blog disse: Mesa Diretora apóia governo Roseana
Algumas reflexões sobre a eleição da Assembleia
“Serei o presidente de todos os deputados”, afirma Arnaldo Melo
Arnaldo Melo é o novo presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão
Deputados estaduais tomam posse. Eleição para Mesa Diretora acontece às 11h30
Os erros de Ricardo Murad
Casa Civil comandará processo de metropolização da Grande Ilha
Eleição na AL: Manoel Ribeiro quer disputar presidência com Murad


Páginas: 1  2  3  >>  >>|

  Resultados: 1 a 20 de 150 Páginas

02/02/2011
TCE desaprova contas de Dr. Miltinho, ex-prefeito de Barreirinhas

O Tribunal de Contas do Estado desaprovou, em sessão plenária realizada hoje, a prestação de conta do ex-prefeito de Barreirinhas, Milton Dias Rocha Filho (PT), referente ao exercício financeiro do ano de 2007.

Ele foi condenado a devolver R$ 9,6 mil e ainda recebeu multa no total de R$ 5 mil.


Além das contas de governo e gestão, foram desaprovadas as contas do Fundeb, Fundo Municipal de Saúde (FMS) e Fundo Municipal de Assistência Social (FMAS). O ex-gestor poderá recorrer da decisão.

Na mesma sessão, o TCE desaprovou a prestação de contas de Raimundo João P. Saldanha, referentes a sua gestão à frente da Prefeitura do município de Rosário, no exercício de 2003. Saldanha foi condenado a devolver um total de R$ 466,8 mil gastos irregularmente, além do pagamento de multas que, somadas, chegam a R$ 86,9 mil. O ex-prefeito também poderá recorrer.

 
Foram reprovadas, ainda, as contas de Ana Cláudia Brito Sousa (Câmara Municipal de Nova Iorque, 2006), com débitos no total de R$ 24 mil e multas no total R$ 12,7 mil.


O Tribunal também julgou irregulares as contas de Delcio de Castro Barros, relativas ao Corpo de Bombeiros do Maranhão no exercício de 2007, condenando o gestor à devolução de recursos no total de R$ 49,5 mil e multas no total de R$ 182 mil. Cabe recurso da decisão.



Com informações do TCE


glaucioportela@yahoo.com.br

 
 
Páginas:
Resultados: 1 to 0 de 0