São Luís | Maranhão
 
   


Matias Marinho
 
 



Já estamos no novo site
"Esquerda é coisa de gente rancorosa e invejosa", diz Lobão
Governadora lamenta a morte de Flor de Lys
Como a Prefeitura de São Luís vê sua casa
Guerrilha do Araguaia: Porto Franco homenageia João Carlos Haas Sobrinho
Uma greve que começou errada; conduzida de forma equivocada e de desfechos quase obscuros
TRT endurece a briga com os rodoviários grevistas
Greve: TRT diz não ter expedido mandado de prisão contra presidente do Sindicato
Mais uma vez, papelão de Waldir Maranhão no CQC. Pense num mala!
Bispo de Grajaú repudia decisão de juiz sobre aborto de anencéfalo
Um protesto contra a fedentina. Alô Caema, alivia a pressão aí sobre Castelo!
Caso Venancinho pode ser julgado nesta semana no TSE
Gilberto quer praça da Juventude em bairros de Paço
Pastor Bel revela que Edinho estaria em coma profundo
Abortada tentativa de rebelião em Pedrinhas
Luís Fernando faz abertura de Seminário em Rosário
Bacelar: o tresloucado, mas, nem tanto, defensor do governo na AL
Mais uma da Justiça: Desembargadores decidem arquivar processo contra juiz Douglas Amorim
Greve e nóticia sobre Edinho acabaram com a viagem de Roseana à Brasília
Desembargador revoga soltura do vereador de Tuntum

Páginas: 1  2  3  >>  >>|  Resultados: 1 a 20 de 662 Páginas

02/06/2011
Já estamos no novo site

Aos leitores: Já estamos atualizando no novo blog, no reformulado site de notícias do Gazeta da Ilha, GI Portal.

AQUI, direto no novo blog e AQUI o novo GI Portal.

Comente / Comentários (0)
31/05/2011
"Esquerda é coisa de gente rancorosa e invejosa", diz Lobão

Teve clima de show de rock, com direito a aplausos e vaias, a mesa com o cantor Lobão na tarde de domingo no Festival da Mantiqueira, em São Francisco Xavier (138 km de São Paulo).

Fazendo jus ao evento literário, o tema do debate seria o livro "50 Anos a Mil", autobiografia que o cantor lançou no ano passado.

Quando tratou de política, as vais surgiram, ainda que tímidas, mas, sintomáticas.

Lobão definiu a esquerda como "coisa de gente rancorosa e invejosa".

Em outro momento, o cantor reclamou que há um "excesso de vitimização na cultura brasileira". "Essa tendência esquerdista vem da época da ditadura. Hoje, dão indenização para quem sequestrou embaixadores e crucificam os torturadores que arrancaram umas unhazinhas", completou.

Foi o mundo da música que, no entanto, rendeu os momentos mais apimentados da palestra.

Ao comentar a música "Me Chama", seu principal sucesso, Lobão disse não ter gostado da versão gravada por João Gilberto.

"João Gilberto tirou o ritmo de tragédia maníaca de Me Chama. E ele ainda não cantou a parte: Nem sempre se vê mágica no absurdo. Disse que não entendeu essa parte. Se ele tivesse me ligado, eu teria explicado".

Comente / Comentários (0)
30/05/2011
Governadora lamenta a morte de Flor de Lys

A governadora Roseana Sarney lamentou o falecimento da colunista Flor de Lys, ocorrido neste domingo (29), no Hospital São Domingos, vítima de parada cardiorrespiratória.

Bastante consternada, Roseana Sarney ressaltou o trabalho de Flor de Lys e sua trajetória no colunismo, onde atuou por décadas e retratou a sociedade maranhense de um jeito genuíno e irreverente.

“Flor de Lys era muito querida por todos nós e deixou sua marca no colunismo maranhense, onde conquistou leitores e telespectadores fiéis com seu trabalho e pioneirismo. Sua trajetória será lembrada pra sempre”, declarou a governadora.

Comente / Comentários (0)
27/05/2011
Como a Prefeitura de São Luís vê sua casa

Sua casa vista por você...

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

pelo comprador...

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

pelo banco...

 

 

 

 

 

 

 

e pelo IPTU da Prefeittura de São Luís

 

Comente / Comentários (2)
27/05/2011
Guerrilha do Araguaia: Porto Franco homenageia João Carlos Haas Sobrinho

Por Márcio Jerry

Prefeitura vai inaugurar no domingo, 29, o Complexo Esportivo batizado com o nome do médico que morou na cidade antes de ingressar na Guerrilha do Araguaia, onde foi morto em combate

Porto Franco, no sul maranhense, vai pronunciar nos próximos dias 28, 29 e 30 com muita intensidade o nome de um dos seus mais ilustres filhos adotivos: João Carlos Haas Sobrinho, o “Dr Juca”, como a população o conhecia. Nascido em São Leopoldo(RS), Haas sobrinho é motivo de orgulho para a cidade que o adotou e que mais uma vez o homenageará.

O prefeito da cidade, Deoclides Macedo(PDT), conta que a passagem de João Carlos Haas Sobrinho pelo município foi muito marcante, razão da homenagem que será prestada com a inauguração de um Complexo Esportivo e a entrega à família Haas do título de cidadão porto-franquino. “Já foram feitas outras homenagens ao João Carlos aqui em Porto Franco e na região, mas essa será a mais expressiva delas”, revela o prefeito.

As homenagens contarão com a presença da irmã de João Carlos, Sônia Haas, do presidente do PCdoB de São Leopoldo, Nelson Sales, que representará os comunistas gaúchos; e de diversas lideranças do Maranhão, como o ex-deputado federal e presidente do PCdoB, Flávio Dino; os deputados estaduais Rubens Júnior(PCdoB) e Carlos Amorim(PDT); e membros das direções do PCdoB de vários municípios da região. “João Carlos morreu em combate defendendo o Brasil naquela momento difícil de ditadura militar em que o PCdoB organizou a Guerrilha do Araguaia”,destaca o presidente do PCdoB de Imperatriz, Clayton Noleto.

Médico formado pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, João Carlos chegou a Porto Franco em 1967 e se estabeleceu na cidade atendendo num consultório a população pobre da cidade e de cidades vizinhas. Com ele moraram em Porto Franco outros integrantes do PCdoB como Maurício Grabois, seu filho André Grabois e o genro Gilberto, todos mortos na Guerrilha.

Sônia Haas, irmã de João Carlos, representará a família nas homenagens ao guerrilheiro. “O povo da cidade(Porto Franco) tem um carinho enorme por ele e sempre que pode, evidencia isso em eventos e homenagens. Será mais uma vez uma grande honra para mim poder compartilhar de momentos especiais como esses e ver o nome do nosso irmão ser reconhecido com dignidade e respeito por onde passou”, disse.

Com informações da Secretaria de Cultura de Porto Franco e de Wagner Pehls

Comente / Comentários (0)